segunda-feira, 26 de abril de 2021

Frete Grátis: a mágica para vender no e-commerce

O Dia do Frete Grátis está chegando e é uma data muito aguardada pelos consumidores. Normalmente no final de abril, esse ano vai ser dia 28 mas a ação pode ser estendida até o final da semana. Aproveite para oferecer esse benefício aos seus clientes, pois todos os levantamentos apontam o frete grátis como o benefício mais desejado pela maioria dos clientes que compram pela internet.

O Dia do Frete Grátis é um momento oportuno para aumentar as vendas e diminuir a taxa de abandono de carrinho no e-commerce, já que um dos principais motivos de abandono de carrinho é o valor do frete, de acordo com o E-Commerce Trends.


Oferecer frete grátis para compras acima de um determinado valor é uma ótima estratégia, que além de aliviar o peso do frete, estimula o aumento do ticket médio. Quem nunca adicionou mais um produto no carrinho só pra atingir o preço mínimo e obter o frete grátis?

É hora de configurar sua plataforma para conceder e comunicar o frete grátis de acordo com a sua possibilidade e estratégia: estabelecendo um valor mínimo de compra, limitando algumas regiões, selecionando clientes, escolhendo marcas ou categorias ou mesmo determinando apenas um tipo de frete grátis. O importante é não perder essa data.


Por Cristina G Souza
Marketing Fábrica de Códigos


terça-feira, 20 de abril de 2021

Saiba porque vender no Madeira Madeira

Há mais de um ano, as autoridades recomendam ou impõem que as pessoas permaneçam dentro de casa. Isso provocou uma grande mudança de comportamento que impactou o mercado imobiliário, moveleiro e de decoração. Com as pessoas mais tempo em casa, afloraram necessidades como o bem-estar no lar, envolvendo conforto, lazer e diversão sem sair de casa, além da adaptação para o trabalho em home office.

O gasto com transporte urbano e viagens caiu tanto que possibilitou o consumidor investir mais em suas casas, seja reformando, mobiliando, decorando ou equipando. O setor de móveis aumentou 94,4% em relação ao ano anterior, faturando R$ 2,51 bilhões. Puxado pelo home office, o valor gasto com móveis de escritório cresceu 39%. Em outras frentes de itens comprados para a casa, materiais de construção e reforma, artigos de decoração, eletroportáteis, telefonia e produtos para jardinagem também apresentaram um crescimento pra lá de interessante. Os dados são de um levantamento junto ao Itaú e a empresa de meios de pagamento Rede em todo o Brasil.


O diretor comercial do Shopping de Preços, Ananias Favero, prevê que o comportamento do consumidor no e-commerce deve permanecer mesmo após a pandemia, pois as pessoas ficarão cada vez mais habituadas com as compras online, suprindo, desta forma, suas necessidades de compra e conveniência.


Diante de tantas evidências de que o varejo online de móveis e produtos para o lar tende a manter o aquecimento, integrar suas vendas ao marketplace da Madeira Madeira é negócio certeiro. A Madeira Madeira é a maior loja online de móveis e decoração da América Latina, com mais de 5 milhões de clientes atendidos.





Nosso time comercial está no whatsapp (14) 99692-0766 para te passar mais detalhes e fazer a sua integração.

Por Cristina G Souza
Marketing Fábrica de Códigos

segunda-feira, 5 de abril de 2021

Com o crescimento do e-commerce, ERP torna-se indispensável

Fechando o primeiro trimestre de 2021, todos já sabemos que o último ano rompeu todos os números do e-commerce. Sabemos o quanto a pandemia mudou e continua mudando os hábitos de consumo das pessoas, favorecendo o varejo digital.

De acordo com a Ebit/Nielsen, a estimativa é de aumento em torno de 26% para este ano. Uma coisa já está clara para os vendedores e lojistas: sem presença digital vai ficar difícil se manter em pé. Soma-se a esse fato, a necessidade de se organizar utilizando um bom Sistema de Gestão Empresarial (ERP) no seu negócio, cumprindo demandas, solicitações, prazos e acima de tudo, surpreendendo clientes.

Os softwares e tecnologias de gestão utilizadas na administração das plataformas de vendas online, apesar de indispensáveis, não costumam ganhar o justo espaço na mídia. Em síntese, um ERP atua como o cérebro de uma operação, que controla e centraliza todos os dados obtidos no sistema, permitindo que a equipe responsável tenha acesso às informações de forma organizada, em tempo real, acessível de qualquer local com internet. O ERP é um grande aliado no desenvolvimento do seu negócio, ajudando na tomada de decisões, pois uma vez que se tem informações unificadas, é muito mais fácil organizar os departamentos, conhecer os itens mais e os menos vendidos, assim como os itens parados.

Cada vez mais os ERPs simplificam as rotinas administrativas e proporcionam a escalabilidade das vendas, deixando de ser um investimento opcional. O Sysemp oferece várias funcionalidades dedicadas ao e-commerce e outros segmentos. Integrar seu negócio a um ERP é uma escolha inteligente, independente do ramo de atividade e tamanho da empresa.


Por Cristina G Souza
Marketing Fábrica de Códigos




quarta-feira, 31 de março de 2021

Sysemp já está pronto para você utilizar o PIX

O Pix é o novo meio de pagamentos do Banco Central. Com ele, pessoas e empresas fazem e recebem transferências instantâneas de valores, realizam e recebem pagamentos. É uma alternativa rápida e econômica comparada ao boleto, TED, DOC e até ao cartão de débito.

Outra vantagem do Pix é a sua disponibilidade de horário, funcionando 24 horas por dia, sete dias da semana. Com relação aos limites, cada instituição bancária está autorizada a criar suas regras de acordo com o valor e o horário da operação. Ainda assim, o Pix é mais interessante pois os pagamentos são direto entre pagador e recebedor – sem intermediários que podem tornar as transações mais caras e demoradas. Os pagamentos entram direto na conta da PJ em poucos segundos e os custos das transações são menores comparados a outros meios de pagamento.

Para transações comerciais em que a emissão da nota fiscal é necessária, o Sysemp já incluiu o Pix como forma de pagamento. Basta selecionar a opção Pix, que se encontra disponível junto com as demais formas já existentes há mais tempo.

Por Cristina Gonçalves de Souza
Marketing Shopping de Preços

quinta-feira, 25 de março de 2021

Mensageria: a nova funcionalidade do Sysemp

Já pensou em estreitar o relacionamento com seus clientes de forma rápida, automatizada e simples? Esta é a proposta da nova funcionalidade do Sysemp, já disponível no sistema.

Com a Mensageria, você pode programar o envio automático e personalizado de mensagens para seus clientes. De forma gerenciada, é você quem determina as melhores oportunidades para enviar mensagens a seus clientes, desde felicitações pelo seu aniversário, apresentação de novos produtos, até o oferecimento de cupons de desconto e promoções em datas comemorativas. Semana do Consumidor, Páscoa, Dia das Mães, dos Pais e da Criança, Black Friday e Natal são alguns exemplos, mas você pode criar um calendário de acordo com o segmento de atuação da sua empresa e o público atendido.

A Mensageria também é importante para manter o seu cliente informado sobre o status do pedido dele: a cada mudança, ele recebe uma mensagem informativa por WhatsApp ou SMS, de acordo com a sua configuração.

Manter o cliente próximo pode ser um grande desafio para as empresas, pois a competição está cada vez mais acirrada e as expectativas mais altas do que nunca. Por isso, é fundamental investir em conversas significativas e contatos frequentes com a sua base. Utilize a Mensageria como um canal de comunicação e lembre-se que o importante é se fazer presente na vida do cliente de forma conveniente.

Por Cristina G Souza
Marketing Fábrica de Códigos



segunda-feira, 22 de março de 2021

Seus produtos já estão nos marketplaces?


Crescendo como nunca, os marketplaces são cada vez mais importantes como canal de vendas no Brasil e no mundo. O Sebrae divulgou uma pesquisa sobre o varejo digital em 2020, revelando que mais da metade dos negócios online ocorrem nos marketplaces. Isso deixa claro o quanto é fundamental integrar seus produtos aos grandes shoppings virtuais. Lembrando que 2021 é um ano de muita expectativa de crescimento, puxada pelo grande aumento de vendas de 2020.

Vender em marketplace é a estratégia mais eficaz para multiplicar seus canais de venda e possibilitar um crescimento de até 85% em relação à média anual de faturamento. O mercado de e-commerce foi um dos poucos que teve crescimento em 2020 devido à crise sanitária que afetou a economia. A pandemia, que já completa um ano de restrições e lockdowns nas cidades, tornaram as compras online uma opção segura e conveniente para o consumidor. Quem já comprava pela internet aumentou volume e ticket médio, e quem ainda estava resistente, rendeu-se à necessidade de comprar sem sair de casa. Esse cenário foi fator preponderante para que os marketplaces tivessem um crescimento ainda maior, pois muitas empresas vislumbraram a possibilidade de expandir canais com os grandes varejos online.

Todos os grandes marketplaces (como B2W, Casas Bahia, Magalu, Via Varejo entre outros) investem de forma massiva em aumento de tráfego dentro do site, aumentando o acesso a todos os produtos de forma exponencial. É essa exposição que vai multiplicar seus views e aumentar seu potencial de venda. Para garantir que suas vendas nos marketplaces tenham segurança, eficácia e lucratividade, temos um time especializado no Shopping de Preços, pronto para te orientar e fazer a integração.










Por Cristina G Souza

Marketing Fábrica de Códigos


quarta-feira, 10 de março de 2021

Do primeiro telefone ao mobile commerce

Você sabia que hoje é aniversário do seu companheiro inseparável? Sim, seu celular. Ele é uma evolução do telefone que hoje está completando 145 aninhos, em referência ao registro da primeira patente de Graham Bell. Nós não podemos imaginar como é viver em um mundo sem telefone, que passou de uma invenção sem credibilidade a um artigo essencial.


Houve um tempo em que a comunicação por telefone era demorada, cara e de acesso limitado a poucos privilegiados. Com o avanço da tecnologia e globalização, a necessidade de se comunicar ficou cada vez maior e os aparelhos diminuíram de tamanho e aumentaram suas funções. O surgimento do telefone celular e do smartphone foram responsáveis por modificar a forma como vivemos e trabalhamos. Se antes um telefone servia apenas para falar, hoje ele é um dispositivo que reúne quase tudo que precisamos no dia a dia além do próprio telefone: despertador, calculadora, agenda, mapas com gps, acesso à redes sociais, livros, jogos e uma infinidade de aplicativos que facilitam nossa vida.


Tanta utilidade inclui o mobile commerce, que cresce a cada ano, em razão da praticidade em relação ao desktop. De acordo com a Deloitte, 60% dos compradores usam seu smartphone para acessar lojas online enquanto estão dentro de lojas físicas e 50% deles fazem isso enquanto estão a caminho das lojas.
Novembro de 2019 representou um grande marco para o comércio digital brasileiro, pois as vendas mobile ultrapassaram as vendas via desktop pela primeira vez, conforme o relatório Webshoppers 41, onde consta que o m-commerce faturou R$ 25,9 bilhões, um aumento de 55% em relação a 2018.

Graças à criação de Graham Bell e as constantes inovações, as lojas virtuais bem-sucedidas já conhecem a regra: investir em design responsivo e aplicativos, pois essa tendência veio para ficar.


Por Cristina G Souza

Marketing Fábrica de Códigos


segunda-feira, 8 de março de 2021

A hora e a vez delas

Parte do time feminino da Fábrica de Códigos

As pessoas e o mercado se adaptam constantemente às mudanças que surgem com o tempo. Até poucos anos, era raro encontrar mulheres em setores culturalmente masculinizados como a TI. Nos últimos cinco anos, a participação feminina na área cresceu 60% - passando de 27,9 mil mulheres para 44,5 mil, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED). Ainda assim, elas representam 20% dos profissionais de tecnologia do país, e com esse ritmo estima-se que em 10 anos elas se equiparem em quantidade aos homens, pois competência nunca lhes faltou, como conta a programadora web Rafaela Viana. “O primeiro computador totalmente eletrônico foi criado durante a segunda guerra mundial. O ENIAC ocupava 270 m², tinha vários cabos e válvulas e era programado por uma equipe de seis matemáticas que se tornaram as primeiras programadoras profissionais, tornando-se inspiração para minha carreira, evolução e aperfeiçoamento. Sinto-me privilegiada em fazer parte do mundo da tecnologia.”


Sandra Silva, coordenadora de desenvolvimento Delphi, ressalta que as mulheres precisam se orgulhar por fazer parte de uma história de batalhas e vibrar com o aumento da contribuição feminina, para que assim possamos ter mais exemplos de sucesso. Cássia Mascarin é do time de implantação e reforça as características femininas que contribuem com o sucesso em uma empresa de tecnologia, como a capacidade de se reinventar, o olhar apurado e a observação de detalhes em um projeto.


Jaqueline Oliveira é da equipe comercial e revela que sente gratidão em poder participar de um momento tão desafiador para a sociedade e economia. “Eu vejo que durante a pandemia, nós da área de tecnologia somos muito importantes para manter o bem-estar das empresas, enquanto os profissionais da saúde cuidam do bem-estar das pessoas. Nós lutamos para manter as empresas funcionando e assegurando emprego e renda para as famílias. Esse é um propósito muito gratificante, conclui. Profissional de marketing, Cristina Souza compartilha a linha de pensamento da Jaqueline. “Comunicar a importância dos negócios que nossa empresa realiza, auxiliando na viabilidade e crescimento de outras empresas, é uma satisfação imensurável principalmente neste momento em que a economia pede socorro”.

Thais Margi, integrante do time comercial, é enfática ao falar de seu orgulho em trabalhar nessa empresa que enxerga a mulher como profissional e reconhece suas habilidades, independentemente do gênero. Isso estimula um ambiente de colegas que se apoiam, motivam e incentivam diariamente. “Somos mulheres que cuidam das suas casas, famílias, e todos os dias vamos em busca de algo mais, seja independência financeira ou satisfação pessoal.”

Por Cristina G Souza
Marketing Fábrica de Códigos


domingo, 7 de março de 2021

Histórias de sucesso: Como Valéria multiplicou as Lojas Roth por 17

Fundei a Roth há trinta anos, e desde o início tive muito apoio da minha família e do meu marido, que hoje é meu sócio. Isso facilitou bastante a minha jornada empreendedora no ramo de moda feminina, masculina e acessórios, atualmente com 17 lojas.

No passado, foi fundamental que outras mulheres lutassem para que a gente tivesse o espaço que temos. Felizmente, hoje o cenário é outro e ser mulher, a meu ver, é uma vantagem, pois temos um jeito todo especial de lidar com as coisas, com as pessoas e com os problemas, simplificando o dia a dia e abrindo portas.

Valéria Rothberg é cliente Sysemp

segunda-feira, 1 de março de 2021

Você já preparou seu ecommerce para o dia delas?

 

Estamos muito próximos de um dia importante no calendário: o Dia Internacional da Mulher. A data remete à reflexão sobre o papel da mulher na sociedade, ao mesmo tempo em que cria oportunidades de venda e de presentear amigas, colegas, irmãs.


As mulheres representam a maioria dos e-consumidores no Brasil, com crescimento acentuado em 2020. Quer mais um motivo para caprichar no relacionamento com o público feminino? As mulheres tendem a ser consumidoras mais fiéis do que os homens. Uma boa ideia é investir em um programa de fidelidade ou clube de vantagens para elas.


Todo mundo adora promoção e as mulheres ainda mais. Aproveite a data e faça uma promoção exclusiva para mulheres no seu dia/semana/mês. Prepare ofertas especiais, de itens que elas realmente esperam comprar com condições diferenciadas. É importante destacar que não são apenas artigos de moda e beleza que podem aproveitar a data: eletrônicos, livros, decoração e outros produtos também são itens de desejo do público feminino.


Se você tem uma base de clientes cadastrada, é muito importante enviar um email marketing comunicando a promoção, condições e validade. Quer arrasar? Envie um cupom de desconto exclusivo para essas clientes ou ofereça frete grátis.

Uma dica bacana é personalizar o layout da loja com tema feminino durante a promoção e selecionar com atenção os produtos da vitrine. Assim, quando acessarem sua loja já vão perceber um ambiente festivo e dedicado à elas.

Por Cristina G Souza

Marketing Shopping de Preços


segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

Pandemia aumenta a participação de idosos no ecommerce

Não é novidade que os idosos, aos poucos, vão se familiarizando com as novas tecnologias. Inúmeros aparelhos e novos serviços se incorporaram ao dia a dia dos mais experientes. As TVs que eles têm em casa nem se comparam com aquelas que conheceram no passado. Quem viu surgir o som 3 em 1, micro-ondas, computador e DVD, agora lida com banda larga, eletrodomésticos inteligentes, máquina de café e o onipresente smartphone.


Com as necessidades advindas pela pandemia, o público mais maduro, antes invisível pelo ecommerce, hoje aumenta a presença e o consumo em ambientes virtuais, fazendo com que as lojas criem estratégias para satisfazer este grupo, que a propósito, tem renda 9% superior à média da população, segundo a Kantar IBOPE Media.



Cada vez mais presente na internet, a crise sanitária acelerou a inclusão de idosos no ecommerce. Dados da Abcomm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico) mostram que o grupo etário acima de 61 anos representou 6% do faturamento total do ecommerce em 2020, que foi de R$ 7,7 bilhões. Em 2019, o faturamento total dessa faixa etária foi de R$ 4,6 bilhões.

Muitas dessas pessoas que antes desconheciam ou ofereciam resistência, mudou a maneira de enxergar o ecommerce devido às restrições impostas pelas autoridades. A necessidade os levou a experimentar. Provaram, aprovaram e tudo indica que essa migração das lojas físicas para o varejo online continue no pós-pandemia. Trocaram o medo de colocar o número do cartão por um mundo de benefícios. O sócio-diretor do Shopping de Preços, Ananias Favero, aconselha os vendedores a ampliar seus canais de venda para aumentar a visibilidade e consequentemente, as vendas. “Hoje é possível vender praticamente tudo pelos marketplaces, as pessoas compram desde alimentos até autopeças. O importante é ter presença e estratégia.”


Por Cristina G Souza
Marketing Shopping de Preços


sexta-feira, 19 de fevereiro de 2021

3 dicas pra emplacar mais vendas no segmento esportivo

 

O esporte é destaque em todo o mundo há décadas, atraindo audiência, investimentos, patrocínio e

fazendo muito sucesso. A conscientização da importância da atividade física e boa nutrição para a

saúde e a divulgação maciça do universo esportivo, fez com que o público espectador e praticante

aumentasse cada vez mais. Desde a Copa do Mundo de 2010, sediada no Brasil, as vendas de

produtos esportivos ganhou um lugar de destaque no comércio.

Especialmente na internet, em razão dos preços mais baixos, produtos diferenciados e artigos para

colecionadores, pois existe a facilidade de poder comprar itens que não são encontrados nas lojas

físicas comuns, como por exemplo, camisetas de times de outros estados e países.

Quando se fala em esporte, todo mundo pensa logo em futebol, mas a grande variedade de

modalidades esportivas se origina justamente da enorme diversidade cultural entre os povos e muitos

ganham visibilidade de forma sazonal, como campeonatos e olimpíadas.


O segmento é bastante promissor. A pandemia fez com que as academias ficassem fechadas e

treinos coletivos foram suspensos, obrigando as pessoas a se exercitarem em casa. Isso provocou

um aumento de 64% nas vendas de artigos esportivos pela internet. Entre os mais procurados estão:

faixa elástica, tapete de yoga, pesos, tênis para caminhada, roupas, suplementos e vitamínicos.


Dicas

  • Kits promocionais: ótima opção para venda de produtos esportivos são os kits que combinam produtos relacionados. As combinações só dependem da criatividade. Kits de times, de modalidades, de treino em casa etc.

  • Brindes: quem não abre um sorriso quando ganha um mimo junto com sua encomenda? Os brindes elevam as vendas e criam no cliente a sensação de estar sendo presenteado. Vale um chaveiro, uma caneca, uma caneta. Você estabelece o brinde de acordo com o perfil da compra, atentando-se para a relação deste com o pedido do cliente.

  • Cupom de desconto: Se tem algo que o e-consumidor ama, é desconto. Você pode disponibilizar o cupom para aniversariantes do mês, para a primeira compra, para torcedores do time vencedor do campeonato e por aí vai. São muitas opções para bater um bolão e aumentar o placar de vendas.


Sucesso!


Por Cristina G Souza

Marketing Shopping de Preços


terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

Dia Internacional da Internet Segura


Hoje é celebrado o Dia Internacional da Internet Segura, uma iniciativa global criada pela Rede Insafe na Europa, que procura promover atividades de conscientização do uso seguro, ético e responsável das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs). Recentemente, foram vazados dados de 223 milhões de brasileiros, o maior já identificado no país, servindo de alerta para todos nós.

A Polícia Federal investiga o vazamento desses dados, tais como nomes, CPFs, CNPJs, registros de veículos, endereço, email, renda e score de crédito de contribuintes. Por isso, é preciso ter muito cuidado ao disponibilizar dados pessoais em qualquer tipo de website.


5 dicas para se proteger na web


Fuja de redes wi-fi públicas 

A conexão gratuita está em diversos locais, principalmente com a inclusão digital.

Evite usar o sinal de shoppings, aeroportos e outros espaços públicos, pois com um simples cadastro os cibercriminosos conseguem se hospedar nestas redes e coletar senhas e dados bancários. Até redes legítimas hospedadas por estabelecimentos confiáveis podem estar vulneráveis à espionagem digital. A dica é: use uma VPN para obter segurança adicional, mesmo em ambiente doméstico.


Cuidado ao clicar

Phishing é uma forma de ataque na qual os cibercriminosos se fazem passar por pessoas ou empresas, utilizando email, telefone ou SMS, levando os usuários a abrir anexos ou clicar em links prejudiciais. Atualmente, os criminosos usam até inteligência artificial para criar armadilhas personalizadas e atraentes. Daí a importância de checar o email do remetente, se o assunto e a mensagem estão escritos corretamente, e só abrir anexos ou links de pessoas conhecidas.


Cuidado com o uso de redes sociais

Criminosos podem estar de olho em cada postagem ou foto no Instagram, Facebook e outras redes sociais e, com essas informações, entrarem em contato com a vítima apresentando detalhes específicos da vida pessoal, trabalho e interesses. Por isso, tome cuidado com o conteúdo postado e exposição excessiva e evite compartilhar localização quando estiver longe de casa. Revise suas configurações de privacidade, tome cuidado ao clicar em links, arquivos e jogos dentro das redes sociais.


Use o gerenciador de senhas

Dispositivos precisam estar com PIN e senhas seguras. Você pode ir além e usar um gerenciador para que suas senhas sejam únicas e praticamente impossíveis de descobrir. Muitas vezes, o gerenciador surge nos computadores domésticos sugerindo senhas de alta complexidade, mas são rejeitados pelo usuário. Alguns também podem ser baseados em nuvem, trazendo ainda mais vantagens, como a possibilidade de serem acessados de diferentes dispositivos, sincronizando seus dados automaticamente. Ao utilizá-los você pode proteger dados valiosos.


Feche a porta para os ataques

Ciberatacantes podem se esconder em algumas tecnologias, máquinas e sistemas por longos períodos, atrás de antivírus e outros controles de detecção, principalmente em computadores domésticos. Com isso, podem comprometer os usuários, enviando e-mails com links ou anexos, redirecionando para páginas maliciosas e prejudiciais. Feche a porta para os ataques executando softwares antivírus, atualizando os sistemas operacionais e esteja sempre de olhos bem abertos.


Por Cristina G Souza
Marketing Shopping de Preços

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

5 dicas para turbinar suas vendas no Mercado Livre

Sem dúvida alguma, o Mercado Livre é uma das maiores vitrines virtuais do mundo. Considerado pioneiro no segmento de marketplaces, é também o maior da América Latina.  

O infográfico ao lado apresenta números robustos. Com tantos superlativos, parece que é muito simples colocar seus produtos à venda e começar a lucrar. Mesmo com tanta vantagem, o Mercado Livre requer atenção do vendedor para que o produto tenha visibilidade, seja notado pelo seu público e melhore sua reputação junto à comunidade de compradores.


Para isso, reunimos 5 dicas simples mas fundamentais para que você tenha o melhor desempenho nesse gigante de vendas.


Foto do produto


Se uma imagem vale mais que mil palavras, imagine quando se trata de ecommerce, quando o comprador não tem acesso ao produto real para saber de que material é feito, não pode testar ou provar.

É por este motivo que a foto do seu produto no anúncio, deve ser a mais próxima da realidade, destacando todos os detalhes do item.

- Qualidade da imagem: é de extrema importância que a imagem esteja em alta resolução. Quem pretende comprar o seu produto vai dar um zoom para ver os detalhes.

- Fundo neutro: o fundo da foto precisa ser o mais neutro possível para que o produto seja o destaque da imagem. Evite fundos coloridos, estampados ou outros objetos na foto. O fundo ideal é o branco.

- Iluminação: a luz é fundamental para tirar boas fotos. A luz natural do dia é ótima, mas cuidado com sol e sombras.


Título do anúncio


A imagem fala, mas as palavras são necessárias para a pesquisa dentro do marketplace, pois a filtragem é realizada pela categoria do produto e pelo título que você criou. Daí a importância de utilizar palavras-chave que, de forma bem resumida, representem o produto que você está vendendo e facilitem encontrá-lo na busca.

Para criar o título, repare como a concorrência anuncia produtos semelhantes ao seu, e use como referência mas sem copiar.

Considere utilizar SEO para marketplace, ele pode te ajudar a melhorar o ranqueamento e relevância de seus anúncios.


Descrição


No item “descrição”, quanto mais palavras puderem detalhar o produto visualizado, melhor. A descrição não precisa ser resumida, pelo contrário, todos os detalhes pertinentes sobre o produto como opções de cor, medidas e variações de tamanho, material, voltagem, potência e demais características físicas.

Com todas as informações na descrição, o comprador se sente seguro para decidir mais rápido e realizar a compra. É imprescindível revisar os textos. Erros gramaticais e ortográficos pegam mal!


Preço


Procure ficar atento aos preços dos concorrentes, para garantir que o seu não esteja fora da média. Se você não tem condições de competir através da redução de preço ou frete – ou ainda, oferecer frete grátis, que é uma das vantagens que mais pesa na compra – considere vender kits. Você consegue oferecer um desconto vendendo uma quantidade maior de produtos de uma única vez.

Outra estratégia é usar a urgência que o comprador tem em receber o produto, e garantir a entrega em um curto prazo.


Anúncios pagos


Uma maneira eficiente de garantir a visibilidade e segmentação dos seus produtos é impulsionando suas vendas com os anúncios pagos do Mercado Livre. Com o Mercado Ads, você anuncia seus produtos no marketplace e impulsiona a divulgação deles investindo em mídia externa paga.

O Mercado Livre conhece muito bem os seus clientes, fazendo isso através do comportamento de pesquisa, estilo de vida baseada nas buscas feitas por cada comprador, incluindo produtos preferidos, idade, sexo, localização etc.

Ou seja, ele já faz todo o trabalho de segmentação para os seus anúncios pagos. Você só precisa escolher os produtos certos para anunciar, aqueles que possuem um histórico de vendas muito bom e que tenham bastante estoque.




Por Cristina G Souza
Marketing Shopping de Preços

terça-feira, 26 de janeiro de 2021

Mercado Livre apresenta relatório dos produtos mais vendidos em 2020

O ecommerce ganhou força e relevância em 2020, crescendo e acelerando toda uma cadeia de consumo — além de impulsionar negócios e modificar hábitos de compra. Na América Latina, o Mercado Livre registrou mais de 17 milhões de novos compradores.

Para entender seus consumidores, o Mercado Livre realizou um levantamento que aponta a evolução do comportamento de compra dos usuários. O estudo revela também quais foram os produtos mais comprados em cada mês de 2020 no Brasil, Argentina, México, Chile, Uruguai, Colômbia e Peru.



A pandemia e a mudança nos hábitos de consumo


Algumas categorias que não estavam entre as mais procuradas no comércio eletrônico, tornaram-se essenciais para os consumidores que realizaram compras no período de quarentena. Produtos relacionados à saúde e prevenção do coronavírus foram algumas das maiores prioridades dos compradores e lideraram o ranking dos produtos mais vendidos. Em março, as compras de máscaras e álcool gel dispararam em todos os países analisados.

 

Entretenimento, tecnologia e esportes: os vencedores de 2020


Nos primeiros meses de isolamento social, a categoria “Lazer e Fitness” registrou um crescimento de 61%, quando analisamos os hábitos de consumo em todos os países do estudo. “Em maio, por exemplo, foi notado o início de uma tendência de compra de produtos para treinar em casa”, comenta o Líder do Mercado Livre no Brasil, Fernando Yunes. “Alguns dos itens que mais chamaram atenção dos consumidores neste período foram: tapetes de yoga, esteiras, pesos, elásticos e halteres. Entendemos que, mesmo em casa, a necessidade pela realização de atividades físicas estava presente na vida de muitos compradores”, completa o executivo.

Outros fatores de destaque são os produtos tecnológicos e de entretenimento. Em toda a América Latina, essas categorias figuravam entre as mais vendidas. No caso do México, por exemplo, o jogo de cartas “UNO” foi o campeão de vendas durante o mês de abril, enquanto o Google Chromecast e os celulares se destacaram no Brasil e na Colômbia. Já na Argentina, “Jogos de Tabuleiro e Cartas” foi uma das subcategorias com maior crescimento nas vendas.

 

Como foi o consumo dos brasileiros em 2020?

Assim como na América Latina, o e-commerce brasileiro segue evoluindo e apresentando grande crescimento. Somente entre janeiro e setembro, o Mercado Livre contabilizou um total de 8,4 milhões de novos usuários brasileiros. Potencializando e impulsionando o comércio digital.

 

Os produtos mais adquiridos no Mercado Livre pelos brasileiros em 2020:

Janeiro – Celular

Fevereiro – Impressora

Março – Máscara facial e álcool gel

Abril – Google Chromecast

Maio – Celular

Junho – Notebook gamer

Julho – Limpador de para-brisa

Agosto – SmartTV

Setembro – Celular

Outubro – Ar condicionado

Novembro – Geladeira

Dezembro – Notebook

 

A partir do mês de março, quando o período de isolamento foi iniciado, foi possível notar uma mudança no comportamento de compra. “Álcool gel e máscaras faciais tornam-se os produtos mais desejados. Reflexo do momento vivenciado”, aponta o Líder do Mercado Livre no Brasil.

Assim como em toda a América Latina, os produtos tecnológicos apresentaram forte presença nas vendas brasileiras. “Em diversos meses, notamos que o item mais adquirido no Brasil foi um eletrônico, muitas vezes considerado um entretenimento. Dado que mostra como grande parte dos consumidores consideraram o seu lazer importante neste período de isolamento social”, complementa Yunes.