terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

Dia Internacional da Internet Segura


Hoje é celebrado o Dia Internacional da Internet Segura, uma iniciativa global criada pela Rede Insafe na Europa, que procura promover atividades de conscientização do uso seguro, ético e responsável das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs). Recentemente, foram vazados dados de 223 milhões de brasileiros, o maior já identificado no país, servindo de alerta para todos nós.

A Polícia Federal investiga o vazamento desses dados, tais como nomes, CPFs, CNPJs, registros de veículos, endereço, email, renda e score de crédito de contribuintes. Por isso, é preciso ter muito cuidado ao disponibilizar dados pessoais em qualquer tipo de website.


5 dicas para se proteger na web


Fuja de redes wi-fi públicas 

A conexão gratuita está em diversos locais, principalmente com a inclusão digital.

Evite usar o sinal de shoppings, aeroportos e outros espaços públicos, pois com um simples cadastro os cibercriminosos conseguem se hospedar nestas redes e coletar senhas e dados bancários. Até redes legítimas hospedadas por estabelecimentos confiáveis podem estar vulneráveis à espionagem digital. A dica é: use uma VPN para obter segurança adicional, mesmo em ambiente doméstico.


Cuidado ao clicar

Phishing é uma forma de ataque na qual os cibercriminosos se fazem passar por pessoas ou empresas, utilizando email, telefone ou SMS, levando os usuários a abrir anexos ou clicar em links prejudiciais. Atualmente, os criminosos usam até inteligência artificial para criar armadilhas personalizadas e atraentes. Daí a importância de checar o email do remetente, se o assunto e a mensagem estão escritos corretamente, e só abrir anexos ou links de pessoas conhecidas.


Cuidado com o uso de redes sociais

Criminosos podem estar de olho em cada postagem ou foto no Instagram, Facebook e outras redes sociais e, com essas informações, entrarem em contato com a vítima apresentando detalhes específicos da vida pessoal, trabalho e interesses. Por isso, tome cuidado com o conteúdo postado e exposição excessiva e evite compartilhar localização quando estiver longe de casa. Revise suas configurações de privacidade, tome cuidado ao clicar em links, arquivos e jogos dentro das redes sociais.


Use o gerenciador de senhas

Dispositivos precisam estar com PIN e senhas seguras. Você pode ir além e usar um gerenciador para que suas senhas sejam únicas e praticamente impossíveis de descobrir. Muitas vezes, o gerenciador surge nos computadores domésticos sugerindo senhas de alta complexidade, mas são rejeitados pelo usuário. Alguns também podem ser baseados em nuvem, trazendo ainda mais vantagens, como a possibilidade de serem acessados de diferentes dispositivos, sincronizando seus dados automaticamente. Ao utilizá-los você pode proteger dados valiosos.


Feche a porta para os ataques

Ciberatacantes podem se esconder em algumas tecnologias, máquinas e sistemas por longos períodos, atrás de antivírus e outros controles de detecção, principalmente em computadores domésticos. Com isso, podem comprometer os usuários, enviando e-mails com links ou anexos, redirecionando para páginas maliciosas e prejudiciais. Feche a porta para os ataques executando softwares antivírus, atualizando os sistemas operacionais e esteja sempre de olhos bem abertos.


Por Cristina G Souza
Marketing Shopping de Preços

Cristina G Souza

0 comentários: