terça-feira, 26 de janeiro de 2021

Mercado Livre apresenta relatório dos produtos mais vendidos em 2020

O ecommerce ganhou força e relevância em 2020, crescendo e acelerando toda uma cadeia de consumo — além de impulsionar negócios e modificar hábitos de compra. Na América Latina, o Mercado Livre registrou mais de 17 milhões de novos compradores.

Para entender seus consumidores, o Mercado Livre realizou um levantamento que aponta a evolução do comportamento de compra dos usuários. O estudo revela também quais foram os produtos mais comprados em cada mês de 2020 no Brasil, Argentina, México, Chile, Uruguai, Colômbia e Peru.



A pandemia e a mudança nos hábitos de consumo


Algumas categorias que não estavam entre as mais procuradas no comércio eletrônico, tornaram-se essenciais para os consumidores que realizaram compras no período de quarentena. Produtos relacionados à saúde e prevenção do coronavírus foram algumas das maiores prioridades dos compradores e lideraram o ranking dos produtos mais vendidos. Em março, as compras de máscaras e álcool gel dispararam em todos os países analisados.

 

Entretenimento, tecnologia e esportes: os vencedores de 2020


Nos primeiros meses de isolamento social, a categoria “Lazer e Fitness” registrou um crescimento de 61%, quando analisamos os hábitos de consumo em todos os países do estudo. “Em maio, por exemplo, foi notado o início de uma tendência de compra de produtos para treinar em casa”, comenta o Líder do Mercado Livre no Brasil, Fernando Yunes. “Alguns dos itens que mais chamaram atenção dos consumidores neste período foram: tapetes de yoga, esteiras, pesos, elásticos e halteres. Entendemos que, mesmo em casa, a necessidade pela realização de atividades físicas estava presente na vida de muitos compradores”, completa o executivo.

Outros fatores de destaque são os produtos tecnológicos e de entretenimento. Em toda a América Latina, essas categorias figuravam entre as mais vendidas. No caso do México, por exemplo, o jogo de cartas “UNO” foi o campeão de vendas durante o mês de abril, enquanto o Google Chromecast e os celulares se destacaram no Brasil e na Colômbia. Já na Argentina, “Jogos de Tabuleiro e Cartas” foi uma das subcategorias com maior crescimento nas vendas.

 

Como foi o consumo dos brasileiros em 2020?

Assim como na América Latina, o e-commerce brasileiro segue evoluindo e apresentando grande crescimento. Somente entre janeiro e setembro, o Mercado Livre contabilizou um total de 8,4 milhões de novos usuários brasileiros. Potencializando e impulsionando o comércio digital.

 

Os produtos mais adquiridos no Mercado Livre pelos brasileiros em 2020:

Janeiro – Celular

Fevereiro – Impressora

Março – Máscara facial e álcool gel

Abril – Google Chromecast

Maio – Celular

Junho – Notebook gamer

Julho – Limpador de para-brisa

Agosto – SmartTV

Setembro – Celular

Outubro – Ar condicionado

Novembro – Geladeira

Dezembro – Notebook

 

A partir do mês de março, quando o período de isolamento foi iniciado, foi possível notar uma mudança no comportamento de compra. “Álcool gel e máscaras faciais tornam-se os produtos mais desejados. Reflexo do momento vivenciado”, aponta o Líder do Mercado Livre no Brasil.

Assim como em toda a América Latina, os produtos tecnológicos apresentaram forte presença nas vendas brasileiras. “Em diversos meses, notamos que o item mais adquirido no Brasil foi um eletrônico, muitas vezes considerado um entretenimento. Dado que mostra como grande parte dos consumidores consideraram o seu lazer importante neste período de isolamento social”, complementa Yunes.



Cristina G Souza

0 comentários: